"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

141- TDAH – A Procrastinação nos estudantes

Ajude os estudantes e as crianças que deixam para depois o estudo para as provas, o término dos trabalhos escolares, as tarefas de casa e as demais obrigações. ADDitude.

Como você pode ajudar os alunos que sofrem de procrastinação? Iniciar uma tarefa envolve a habilidade de começar projetos sem a desnecessária procrastinação, de um modo eficiente e tempestivo. Por exemplo, uma criança pequena com função executiva forte pode começar uma tarefa imediatamente após as instruções serem dadas. Estudantes de ensino médio, com iniciativa, não deixarão seu menos preferidos trabalhos até o final da tarde. Começar uma tarefa é difícil para os alunos com TDAH porque seus cérebros geralmente estão presos ao presente, no agora. Eles preferem prestar atenção na coisa mais interessante do seu meio ambiente próximo. E essa coisa geralmente não é a tarefa de classe, a lição de casa ou as demais obrigações.
Previna a procrastinação em classe
Depois que as instruções para um trabalho são dadas, diga à classe, “Vou contar até 60, em silêncio. Quando der 1 minuto, vou escrever um número na lousa – o número de alunos que eu vir fazendo a tarefa que eu mandei.”
Demonstre os passos envolvidos em tarefas com final livre. Algumas crianças odeiam começar tarefas que as obrigue a pensar criativamente. Elas podem ficar sentadas em seu lugar, observando as outras crianças que começam a fazer a tarefa. Acompanhá-las no primeiro ou nos dois primeiros passos do trabalho, geralmente ajudará.
Mande os alunos para os seus lugares com um cartão onde a tarefa está escrita. Uma lista de tarefas (ou lista “de coisas a fazer”) também será útil. Faça os estudantes conferirem as tarefas entre si, quando terminarem.
• Peça às crianças que façam planos de tarefas. Conforme elas escrevem suas tarefas de casa, faça com que elas escrevam perto de cada uma, quando elas pensam em começar a fazê-las (às 5:30, antes de jogar futebol). Ande pela sala, confira o que elas escreveram. No dia seguinte, pergunte aos alunos, ao acaso, se eles começaram sua tarefa de casa no horário que haviam dito.
Forneça exemplos de trabalhos completos e pregue-os com fita colante na carteira de cada criança. Isto dará ponto de referência aos alunos para fazerem seus próprios trabalhos.
Faça as crianças darem suas próprias dicas. Mantenha um grupo de discussão sobre por que é difícil começar a fazer certas tarefas de classe. Então, peça à classe para compartilhar suas melhores estratégias para evitar a procrastinação. Escreva as melhores sugestões na lousa.
Divida projetos de longo prazo. Alunos com problemas para iniciar as tarefas deixam os projetos longos para o último minuto. Conforme o ano avance, ensine a classe como estabelecer limites de tempo e a estabelecer prazos para si mesmos, antes de esperar que eles o façam por si mesmos. Faça isto como parte de uma discussão em classe, para que todos aprendam como um grupo.
Previna a procrastinação em casa
Estabeleça um horário para fazer as tarefas que seu filho abandona. Se ele sabe que o trabalho de casa começa depois de uma hora de brincadeiras, há menos necessidade de praguejar, conforme o esquema se torne um hábito.
Tenha todo o material e os suprimentos prontamente disponíveis e acessíveis. Seu filho deve ser capaz de começar seu trabalho sem ter de sair procurando por alguma coisa.
Peça ao seu filho para se comprometer com um horário de início. Quando chegar a hora, ele pode não se lembrar de começar a tarefa por si próprio, mas quando você lembra-lo que ele escolheu a hora, ele provavelmente começará, sem brigas.
Utilize dicas visuais. Deixe uma nota na mesa da cozinha ou grudada na geladeira ou no armário, de modo que ele a veja quando chegar da escola.
Deixe que ele escolha como gostaria de ser avisado. Diga, “OK, você disse que começaria a fazer a tarefa às 4 horas – como você quer ser lembrado? Devemos arrumar um despertador, você quer que eu o lembre, ou você saberá que deverá começar a tarefa assim que seu programa de TV terminar às 4?”
Recompense seu filho por começar na hora: cinco pontos por começar imediatamente, três pontos por começar em três minutos. Crie um menu de recompensas ou de privilégios que ele poderá negociar de acordo com seus pontos.
Crie estrutura durante as férias. Faça com que seu filho comece cada dia fazendo um plano. Ele deve listar o que tem de fazer e quando vai fazê-lo. Pergunte a ele como ele pode se recompensar a si mesmo por começar cada tarefa na hora certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário