"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA

terça-feira, 9 de outubro de 2012

231- Seis dicas de controle da raiva para adultos com TDAH


Seis dicas de controle da raiva para adultos com TDAH
Aprenda como os adultos com TDAH podem controlar suas crises de explosividade e evitar situações frustrantes com essas técnicas de controle da raiva. Por Sandy Maynard
As frustrações e os aborrecimentos diários estão empurrando seu TDA adulto para o limite? Você se culpa por crises de explosividade? Ficar estressado e nervoso raramente ajuda – e geralmente fere seus relacionamentos no processo. Assim, aqui estão dicas de especialistas no controle da raiva, que podem ajudar a qualquer um – com ou sem TDAH.
Saiba o que o deixa com raiva
Identifique os gatilhos de sua raiva. Conheça as situações que o tornam enraivecido, para que você possa estar pronto para respirar fundo, fazer uma pausa, e responder de modo calmo e descontraído. Avise seu cérebro TDAH para prestar atenção em sua respiração, relaxar sua tensão muscular e ter pensamentos prazerosos e positivos.
Evite pensamentos negativos. Mude seus pensamentos negativos para linguagem positiva que você gosta de ouvir de si mesmo, tais como “fique frio” ou “fique calmo”. Adultos com TDAH geralmente acham esses lembretes muito mais fáceis de ouvir de si mesmos do que de outros.
Pense nas consequências
Dê um tempo. Adultos com déficit de atenção geralmente não se contêm quando têm sentimentos de raiva, assim, é importante deter-se e pensar no que resultará sua raiva, e, então, pensar nas consequências que respostas calmas e descontraídas trarão. Decida falar do incidente com um amigo ou um preparador que pode apoiar e ajudar a continuar a responder de um jeito que ajudará você a crescer e ficar satisfeito.
Esteja preparado para o pior cenário. Se você estiver em uma situação descontrolada, pergunte a si mesmo, “O que será a pior coisa que poderia acontecer agora?” As chances são de que o pior resultado possível não aconteça, mas você estará preparado se acontecer. Além disso, adultos com TDAH têm dificuldade para controlar as emoções, assim, esses exercícios o ajudarão a ter um tempo para por as coisas em perspectiva.
Seja positivo
Elabore soluções positivas para situações que o tornam enraivecido. Quando estiver em situação crítica, escolha a melhor solução para pôr em prática, e tenha um plano reserva se a primeira solução não funcionar. As pessoas com déficit de atenção têm a tendência de reagir exageradamente às falhas, então, se o plano A não funcionar, não insista nele, troque de plano e aprenda com a experiência.
Congratule-se. Dê créditos a si mesmo cada vez que conseguir diminuir sua raiva e usar maneiras mais apropriadas de responder. Não somente suas relações com os outros vão melhorar, conforme continue a controlar sua raiva, mas também o reconhecimento de suas realizações lhe darão um bom impulso em sua autoestima.
ADDitude

Nenhum comentário:

Postar um comentário