"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA

sexta-feira, 15 de março de 2013

272- Auxílio com as tarefas de casa para as crianças com TDAH


Resolver os problemas das tarefas de casa é muito importante, porque isso é a maior causa de fracasso escolar para as crianças com TDAH. Quase todo pai e mãe de criança com TDAH já esteve na linha de frente dessa batalha da lição de casa. Tenha em mente que a lição de casa não precisa ser exaustiva para ser eficiente.

A Associação Nacional de Educação e a Associação de Pais e Professores dos Estados Unidos recomendam 10 minutos de lição de casa por assunto, por dia. Em outras palavras, um aluno da sexta série deveria gastar ar redor de 60 minutos por noite na lição de casa. [Nota do tradutor: Lá nos “states”, as escolas funcionam em período integral]. Se os professores começarem a sobrecarregar, tenha uma conversa com eles.
As estratégias a seguir podem encurtar o tempo gasto e reduzir o estresse em casa.

Soluções na Sala de Aula:

1. Escreva as tarefas no quadro. Escreva as tarefas de casa no mesmo local do quadro, todos os dias.

2. Reserve um tempo todos os dias para que os alunos copiem as tarefas de casa em seus cadernos. Se os déficits de atenção ou de linguagem tornam a cópia difícil para um aluno, peça a um segundo aluno para escrever as tarefas e, discretamente, entregá-las para o primeiro. Postar as tarefas no “sítio” da escola também poderá ser útil.

3. Nomeie chefes de fileiras. No início da aula, os nomeados devem recolher as tarefas de casa. Ao final da aula, eles devem verificar se as tarefas foram copiadas por cada um dos estudantes de sua fileira.

4. Desenvolva um plano que garanta que o trabalho feito chegue à escola. Fale com os pais dos estudantes que reiteradamente se esquecem de trazer sua lição de casa para a escola, e ajude-os a elaborar um plano para resolver esse problema. Faça a sugestão de que eles comprem pastas-arquivo de capas coloridas para todas as lições completadas. Eles podem conferir para ter certeza de que o trabalho foi feito, colocado na pasta correta, e esta, colocada na mochila para o dia seguinte.

5. Estabeleça a quantidade certa de lição de casa. Alguns alunos com TDAH trabalham lentamente e facilmente ficam frustrados. Dando somente alguns problemas de matemática pode fazer com que a criança demonstre o que aprendeu sem forçá-la muito. Passando problemas que não sejam muito difíceis nem muito demorados, os professores aumentam as chances de que a tarefa será feita.

6. Envie aos pais uma lista de sugestões para sessões produtivas de lição de casa. Os pais querem ajudar seus filhos, mas, às vezes, não sabem como. Você pode propor duas estratégias: 1) estabelecer, com ajuda do aluno, um horário de tarefas de casa; 2) encontrar um local silencioso, com boa iluminação e com espaço livre de trabalho, com acesso a papel, lápis e computador.

Soluções em casa:

7. Faça um plano para acompanhar o trabalho de casa. Encoraje seu filho a escrever cada uma das lições de casa no caderno de tarefas diárias. Como um backup, veja se os trabalhos também foram postados no site da escola. Tenha o telefone de um colega de classe para que possa saber quais as tarefas. Um veterano do colegial escrevia suas tarefas em cartões 7x5, com os nomes dos cursos, que ele guardava no bolso da calça jeans.

8. Estabeleça um tempo para a tarefa. Algumas crianças precisam de um intervalo depois das aulas. Outras trabalham melhor enquanto ainda com a cabeça quente. Se as atividades depois das aulas tornam impossível um esquema regular, arrume um calendário semanal que liste os horários de início e de término das lições de casa.

9. Pergunte ao professor sobre as rotinas de tarefas. O professor de matemática pode dizer “Eu passo tarefas de álgebra quatro noites por semana, e dou uma prova ao final de cada capítulo, geralmente a cada duas semanas”. Isso lhe diz que alguma coisa está errada se o seu filho disser que não tem nenhum exercício de matemática por duas noites seguidas.

10. Programe uma pausa de cinco minutos a cada 20 minutos de
trabalho. Pausas breves, frequentes, ajudam as crianças com TDAH a “recarregar suas baterias.”

11. Respeite o ponto de saturação do seu filho. Se ele ficar muito cansado ou frustrado para acabar seu dever de casa, deixe que ele pare. Escreva uma carta ao professor explicando que ele fez o que conseguiu. Se ele tiver dificuldade de prestar atenção, escreve lentamente ou precisa de um tempo extra para entender conceitos, as tarefas vão demorar consistentemente mais tempo do que deveriam.

12. Fale com o professor. Se as sessões de dever de casa forem frequentemente exaustivas do ponto de vista emocional, trabalhe com o professor para determinar se as tarefas estão muito longas ou muito difíceis para seu filho.

13. Veja se é o caso de dar medicação no horário das tarefas. Fale com seu médico a respeito dos medicamentos de curta-ação, como a Ritalina, que dura de três a quatro horas. Tomar a medicação entre as 15 e 17 horas não deve interferir com o sono. Muitos medicamentos, dados mais cedo no dia, perdem o efeito ao final da tarde. Quando a medicação está funcionando, os alunos se mentem focalizados, terminam as tarefas mais rapidamente e têm mais probabilidade de se lembrar do assunto que estudaram.

14. Monitore o progresso do seu filho com um relatório diário ou semanal. Esses relatórios feitos pelos professores alertam os pais quando seus filhos estiverem em risco de fracasso e com necessidade de mais tempo de supervisão em casa. Os relatórios o ajudam e ao seu filho a identificarem as tarefas de casa que estão faltando, de modo que você possa encontrá-las e levá-las aos professores. Crianças mais novas precisam de apoio mais frequente, assim, um relatório diário pode ser melhor para elas. Em alguns casos, relatórios semanais podem ser suficientes para estudantes do colegial.

15. Peça outro livro de texto para uso em casa. Alunos com TDAH geralmente deixam seus livros na escola. Ter acesso a um livro de texto a cada noite é essencial. Uma vez que o aluno com TDAH fracasse, será difícil recuperar o tempo perdido. Como muitas escolas têm somente um conjunto de livros para cada estudante, você poderá ter de comprar cópias extras.
Soluções: Diminua o nível do estresse
Depois de um longo dia na escola, lição de casa pode ser duro para crianças com TDAH ou dificuldades de aprendizagem, tal como a dislexia. Para os seus pais, também. Eis aqui algumas estratégias para lidar com as tarefas.

16. Inicie um grupo de tarefas em casa.
Convide um ou dois alunos da classe do seu filho para fazerem um pouco da tarefa juntos. Essa maneira pode ser boa para descobrir outras estratégias de estudo das crianças e, uma chance para brincar um pouco enquanto a tarefa estiver sendo feita, será um forte incentivo para fazer a tarefa de modo mais eficiente.

17. Respeite os ritmos diários do seu filho.
Muitas crianças se dão melhor se fizerem sua lição de casa logo ao final do dia – não, talvez, imediatamente após chegarem da escola, mas certamente antes do jantar. Todo mundo merece uma pausa, e nossos filhos, em particular, podem precisar de uma chance para alguma atividade física antes de serem obrigados a ficar sentados novamente. Algumas crianças agitadas são notórias madrugadoras, e esse pode ser um ótimo horário para fazer a lição de casa.

18. Tenha um plano de ataque.
Sente-se e faça a estratégia para a tarefa do dia com o seu filho: Quanto precisa ser feito? O que parece ser fácil? O que parece ser difícil?

19. Tenha um local específico para a tarefa.
Como você pode diminuir os fatores de distração? Quão disponível você ou outro adulto supervisor precisam estar? Você pode querer estabelecer um local dedicado à tarefa escolar. Se o quarto do seu filho for o local mais cheio de fatores de distração, o melhor lugar pode ser algum local enfadonho de adulto: uma pequena mesa na sala de estar ou algum espaço na mesa da cozinha.

20. Premie as conquistas.
Nós acreditamos em pequenas premiações para pequenas conquistas. Termine sua lista de trabalhos e ganhará um biscoito. Termine toda sua tarefa de casa e iremos ao parque de diversões por 15 minutos antes do jantar. Para as tarefas que seu filho odeia, não há nada de errado em oferecer uma uva ou uma estrela dourada para cada simples sentença completada com sucesso ou cada problema de matemática da lista de tarefas.

21. Não sobrecarregue.
Se você preenche todas as tardes com esportes, sessões de terapia ou outras atividades, o trabalho de casa terá de esperar até mais tarde, e isso poderá ser ruim. Que tal deixar algumas dessas atividades para o final de semana? Que tal o seu filho levar suas tarefas para o consultório da terapeuta, se geralmente ele vai ter de esperar pelo atendimento? Algumas escolas mandam para as casas um pacote de tarefas na sexta-feira, ou na segunda-feira. Isso permite maior flexibilidade de planejamento e o produto final provavelmente será mais limpo e bem realizado.

22. Planeje a supervisão.
Pense na supervisão do trabalho de casa conforme providencie melhorias nos cuidados com seu filho. Se você tiver uma babá lhe ajudando nessas horas da tarde, dê a ela instruções claras para ajudar na lição de casa e certifique-se de que ela entendeu que, se possível, a lição precisa estar feita na hora do jantar. Se o seu filho gasta um tempo em programas depois das aulas, há previsão para a lição de casa? Muitos desses programas oferecem uma sala com supervisão para a tarefa de casa, onde as crianças podem trabalhar em paz e obter a ajuda de que necessitem.

23. Organize.
Para muitas crianças com TDAH, manter os papéis juntos já é uma grande tarefa. Quando a lição for entregue na escola, seu filho deverá saber exatamente onde ele colocou o papel, então ele terá certeza de trazê-lo para casa. Depois que a lição foi feita, ele deverá guardá-la numa pasta-arquivo especial que voltará para a escola no dia
seguinte. O progenitor que deixar e pegar o filho na escola pode precisar checar duas vezes se as tarefas foram postas na mochila. Independente de quanto você tiver se esforçado e planejado, uma vez ou outra, ficará maluco e terá de atravessar a cidade pela manhã para ir buscar o que foi esquecido em casa. Você só não quer fazer isso todos os dias.

24. Confira com o professor.
Se os trabalhos não estão sempre claramente indicados, ou se o seu filho tem dificuldade de explicar exatamente o que foi pedido, você deve conferir com o professor de modo regular ou estabelecer uma ligação com outro pai que pareça relativamente adaptado, de modo que, em dúvida, uma chamada para conselho e instruções pode ser feita. Alguns professores estão disponíveis por meio do e-mail, e alguns outros chegam a postar as tarefas de casa num website.

25. Altere as regras.
De longe, nossa atividade preferida para nossas crianças menores é a leitura – ler juntos, deixando a criança ler para os pais e, naturalmente, deixando um pai ler para a criança. Se a sua criança fica esgotada à noite, assuma mais a leitura e deixe que ela aproveite o prazeroso contato um-a-um. Queremos expressar nossa esperança que os programas de leitura em casa reconheçam os prazeres e confortos da leitura em voz alta e que permitam às crianças a escolha dos livros dos quais elas gostem. Se você se encontrar frente a um programa de leitura em casa que esteja tirando a alegria da leitura, você precisa fazer algumas alterações discretas em casa – com ou sem a notificação da escola.

26. Use ferramentas de planejamento.
Ajude as crianças mais velhas a planejar seu tempo – não por apenas uma noite de trabalho, mas para trabalhos maiores e mais demorados. Algumas crianças caprichosas são incapazes de entender como dividir essas tarefas em partes mais gerenciáveis, assim, um quadro, uma lista de conferência ou um calendário, com as datas de entrega de cada tarefa indicadas, podem ser realmente úteis.

27. Lembre-se do poder do elogio.
Tente fazer do trabalho de casa um período que esteja associado com certa quantidade de elogios, com algum conforto físico, e mesmo com a eventual discussão. Isso não vai fazer seu filho adorar as listas de tarefas, mas pode fazer com que ele perceba esse período como um momento familiar, relativamente prazeroso do dia, ou, ao menos, como uma obrigação factível. 

ADDitude