"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA

domingo, 22 de abril de 2012

198- TDAH – ADHD - Respostas mal-humoradas a comentários maldosos


Às vezes irritados, outras vezes sinceros, os leitores relatam suas respostas inteligentes aos comentários indelicados sobre o TDAH. Dos editores de ADDitude.
ADDitude perguntou: Quais são suas melhores respostas a alguém que fala mal do TDAH?
É uma perspectiva interessante. Você está falando de sua própria experiência ou está citando um especialista no campo das neurociências? – Taylor, Connecticut
Você pediria a alguém com muletas para correr? – Erin, Virgínia
Eu cito Dr. Seuss: “Se você julga um peixe pelo modo como ele sobe numa árvore, ele viverá pensando que é um burro”. Todos nós temos de encontrar um lugar na vida. – Becky, Louisiana
Que bom que você pensa assim, mas até que você tenha TDAH, ou ame alguém com ele, trate de obter os fatos corretamente. – Kate, New York
Bem, eu não sou normal. Isso realmente é muito chato, não é? – April, Michigan
Por favor, não julgue o que você não entende. – Gretchen, California
TDAH é uma desculpa? A única desculpa é a sua ignorância, e você não se informar sobre o transtorno. Dyamond, Texas
Que pena que você não tem um filho com TDAH! O meu torna todo o dia muito divertido. Queria que você pudesse experimentar isso! – Um leitor de ADDitude
Eu sempre escuto esses comentários porque tenho marido e filho usando medicação, e minha resposta é: “Eles são mais felizes com os remédios porque podem prestar atenção, e tudo parece mais fácil”. Isso cala a boca dos outros. C.D. – Colorado
Ainda não tenho uma boa resposta, mas preciso de uma! Minha irmã disse algo maldoso recentemente, e me magoou. Queria ter uma boa resposta para gente como ela. – Um leitor de  ADDitude
Quando uma professora disse, “Não seria justo com as outras crianças dar ao seu filho um cartão de mesa com um modelo do problema de matemática, durante uma prova”. Eu disse, ”Também seria injusto pedir a uma criança cega que lesse o quadro negro”. – Jeanne, Pennsylvania
Eu pego emprestado o comentário de Ned Hallowell: “Tenho TDAH, dois dos meus três filhos têm TDAH, e queria que o terceiro tivesse!” – Bill, South Carolina
Lidar com o TDAH de minha filha é tão exaustivo que eu não tenho nenhuma vontade de educar idiotas. – Elena, Arizona
Oh, me esqueci disso. Tenho de escrever e mandar para você. – Um leitor de ADDitude
Minha resposta não pode ser publicada na sua revista para menores. – Tammy, Texas

Nenhum comentário:

Postar um comentário