Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2012

234- TDAH – Sete mitos sobre o transtorno... Desmistificados!!!

A verdade sobre o TDAH nas crianças e nos adultos – especialistasem TDAH desbancam sete crenças erradas sobre o TDAH.

Pessoas com TDAH têm inteligência acima da média, conforme foi revelado por recentes pesquisas. Poucas condições psicológicas têm gerado tanta discussão nos últimos anos como o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDA e TDAH). Mesmo assim, as pessoas continuam a alimentar muitas crenças erradas sobre o TDAH. Leia para saber a verdade.

Mito #1: O TDAH não é uma doença médica de verdade VERDADE: O TDAH foi reconhecido como um diagnóstico legítimo pelas maiores organizações médicas, psicológicas e educacionais, incluindo o National Institutes of Health e o U.S. Department of Education. A American Psychiatric Society reconhece o TDAH como um transtorno médico em seu Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM) – a “bíblia” oficial sobre saúde mental, usada pelos psicólogos e pelos psiquiatras.
O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (ta…

233- Rotinas Confiáveis Para Crianças TDAH (e Seus Pais!)

Crianças com TDAH geralmente precisam de esquemas consistentes para ajudá-las a ser pontuais em casa e na escola porque boa estrutura cria bom comportamento nelas. Por Peter Jaksa, Ph. D.

Todos os pais de crianças com TDAH já ouviram a rotina sobre rotinas: Crianças precisam de estrutura, e crianças com TDAH precisam mais ainda. As chaves para conseguir o auxílio na organização do TDAH que você precisa: crença no poder das rotinas da família e no compromisso de longo prazo com elas. Você já ouviu antes: Estabeleça uma rotina matinal para que as crianças TDAH saiam para a escola no horário certo. Mantenha a tarefa escolar sempre no mesmo horário e no mesmo local, diariamente. Faça alguma coisa divertida para relaxar antes de uma hora certa para se deitar. No papel, isso parece básico. Mas, quando você está criando uma criança com dificuldades reais de atenção no mundo real, estabelecer e manter tais rotinas pode parecer totalmente sem esperança. No entanto, há esperança – até felicidade –…

232- Dados cientificamente colhidos sobre os consumidores regulares de maconha:

– têm duas vezes mais risco de sofrer de depressão;

 – têm duas vezes mais risco de desenvolver distúrbio bipolar;

 – é 3,5 vezes maior a incidência de esquizofrenia;

 – o risco de transtornos de ansiedade é cinco vezes maior;

 – 60% dos usuários têm dificuldades com a memória recente;

 – 40% têm dificuldades de ler um texto longo;

 – 40% não conseguem planejar atividades de maneira eficiente e rápida;

 – têm oito pontos a menos nos testes de QI;

 – 35% ocupam cargos abaixo de sua capacidade.

231- Seis dicas de controle da raiva para adultos com TDAH

Seis dicas de controle da raiva para adultos com TDAH Aprenda como os adultos com TDAH podem controlar suas crises de explosividade e evitar situações frustrantes com essas técnicas de controle da raiva. Por Sandy Maynard As frustrações e os aborrecimentos diários estão empurrando seu TDA adulto para o limite? Você se culpa por crises de explosividade? Ficar estressado e nervoso raramente ajuda – e geralmente fere seus relacionamentos no processo. Assim, aqui estão dicas de especialistas no controle da raiva, que podem ajudar a qualquer um – com ou sem TDAH. Saiba o que o deixa com raiva Identifique os gatilhos de sua raiva. Conheça as situações que o tornam enraivecido, para que você possa estar pronto para respirar fundo, fazer uma pausa, e responder de modo calmo e descontraído. Avise seu cérebro TDAH para prestar atenção em sua respiração, relaxar sua tensão muscular e ter pensamentos prazerosos e positivos. Evite pensamentos negativos. Mude seus pensamentos negativos para linguagem po…

230- Lidando com a crítica: Técnicas para adultos com TDAH

Por Sandy Maynard – http://www.additudemag.com/
Como os adultos com TDAH podem responder às críticas de modo positivo, sendo assertivos e não agredindo ou se rendendo à crítica.
Geralmente, nosso primeiro instinto é responder de maneira defensiva ou de modo irado às críticas dos outros. Mas, adultos com TDA devem saber que assim agindo podem perder oportunidades de aprendizado e o respeito dos outros.
Então, aqui estão alguns conselhos de especialistas para auxiliar adultos com déficit de atenção a responder eficazmente aos críticos e às críticas.
- Quando a crítica for válida
Admita e analise. Depois de receber uma crítica, os adultos com déficit de atenção devem, inicialmente, reconhecer todas as verdades contidas no que foi falado. Quando achar que a crítica foi justificada, procure ficar de acordo com a outra pessoa interpretando seus comentários.
Aprenda com a crítica. Se um “muito obrigado” ou uma explicação forem apropriados, fale isso rapidamente e siga em frente. Os adultos com TDA…