"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."
RUI BARBOSA

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

262- 33 Maneiras de Permanecer Organizado Com TDAH Adulto



Deseja uma casa limpa? Um escritório eficiente? Fique organizado com TDAH adulto graças à guru da organização Judith Kolberg e suas 33 estratégias para o trabalho e o lar. Por Judith Kolberg, em ADDitude.

Manter sua vida em ordem é um passo crucial para alcançar suas metas. Nenhum segredo nisso. Então, por que vivemos com uma desordem crônica em casa, no trabalho e em nossa vida pessoal?

Judith Kolberg acha que é uma questão de perfeccionismo: Somos incapazes de fazer o que é preciso mesmo para ficar só um pouco mais organizados porque temos medo de não nos tornarmos perfeitamente organizados. E, como assinala Kolberg, autora de “Conquering Chronic Disorganization”, não há essa coisa chamada organização perfeita. A vida é caprichosa e estratégias adotadas que funcionem bem hoje podem ser sem utilidade amanhã.

A boa notícia, diz Kolberg, que atualmente preside o FileHeads Professional Organizers (www.fileheads.net), é que aparentemente pequenas mudanças podem trazer grandes benefícios em sua vida – menos confusão, menos desgostos e maior tranquilidade.

O Quadro Geral

1. Estabeleça limite de tempo para a tomada de decisão.

Os TDAHs podem sofrer dias seguidos antes de tomar uma decisão que os outros tomam em minutos. Acelere o processo estabelecendo uma faixa de tempo ou um limite de orçamento. Se você está escolhendo um acampamento de verão para seu filho, por exemplo, determine uma data limite, e faça a melhor escolha que puder até essa data. Se estiver decidindo qual celular novo vai comprar, determine um limite de preço e esqueça os mais caros.

Sempre identifique o fator mais importante a ser considerado na tomada de qualquer decisão, seja o preço, conveniência, estética, praticidade ou algo mais. Foque somente nesse fator quando for tomar uma decisão.

2. Lute contra a tendência de se sobrecarregar.

Para cada novo compromisso que assumir, elimine outro mais antigo. Se você concordar em se juntar ao comitê escolar de levantamento de fundos, por exemplo, desista do comitê de vigilância da vizinhança. Os TDAHs tendem a se envolver muito.

3. Mantenha curta sua lista de coisas a fazer

Usando letras grandes e largas, faça uma lista de não mais de cinco tarefas em um cartão. (Anote qualquer item a mais no verso do cartão). Quando tiver feito essas cinco coisas, veja o verso do cartão para criar uma nova lista – e descarte a antiga. Você fará mais coisas, ficará menos frustrado e controlará melhor o seu tempo.

4. Lute contra o hiperfoco

Ajuste um alarme (relógio, celular, timer de cozinha, ou alarme do computador) ou arranje alguém confiável para avisá-lo num horário específico. Se você costuma ficar perdido na internet por horas a fio, vai precisar desse tipo de ajuda.

5- Use um “dublê de corpo”

Pode ser um amigo ou um membro da família que se sente ao seu lado e o ajude a fazer as tarefas da vida civil, como examinar o talão de cheques, preencher um formulário para novo emprego ou revisar sua situação financeira. Seu dublê criará uma atmosfera produtiva ao sentar-se silenciosamente e fazer um trabalho que não interfira com o seu tal como colar selos em envelopes ou copiar receitas de revistas.

Cuidados Pessoais

6. Tenha à mão medicamentos de reserva

Cada vez que você obtiver uma receita médica, escreva em sua agenda a data em que terá de renová-la (ou ajuste seu computador para lhe mandar um e-mail para lembrá-lo da data). Peça ao seu farmacêutico se ele pode lhe avisar quando for hora de renovação. Sua data de renovação deve ser ao menos uma semana antes da data em que a medicação terminará.

7. Inclua atividade social em sua agenda

Desse modo, seus desejos de encontrar novas pessoas, de ter conversas interessantes e de se enturmar com os amigos serão realizados automaticamente. Faça um curso, junte-se a um clube de livros ou a um programa de leitura, ou a um clube de gastronomia.

8. Entre para um grupo de apoio ao TDAH

Grupos de apoio propiciam mais do que suporte emocional. Por exemplo, os membros podem se juntar na hora de fazer tarefas aborrecidas, como preencher declaração de rendimentos. Uma de cada vez, cada pessoa deixa o computador, dedica 15 minutos à tarefa em questão, então retorna ao programa de rede social para fazer uma piada, lamentar-se ou cumprimentar um ao outro.

Pesquise na web sobre grupos de apoio online ou presenciais.

9. Carregue uma carteira colorida

É mais difícil perder uma carteira vermelha do que uma marrom ou preta. O mesmo se aplica ao seu talão de cheques.

10. Compre sensações, não objetos

Não há nada de errado com uma pequena “terapia de compras” para premiar-se por suas conquistas. Mas, pense duas vezes antes de comprar algum novo objeto (que pode ser outro item de bagunça em sua casa). Em vez disso, use seu dinheiro para comprar uma experiência prazerosa, tal como uma massagem ou uma saída à noite com os amigos.

Controle da Desordem

11. Pare de sofrer por causa de coisas insignificantes

O que fazer com os cartões de boas festas que você recebeu, com baterias de carga duvidosa, CDs sem identificação, fitas cassetes, parafusos sem porcas etc.? Jogue-os numa “gaveta de quarentena”. Quando a gaveta estiver cheia, verifique rapidamente seu conteúdo. Use o que puder ser usado e jogue fora o resto. Então, comece o processo novamente.

12. Arrume um “companheiro da desordem”.

Ele pode ser um amigo ou um membro da família (indulgente) que o ajudará a dar conta de todas as coisas que estão atulhando sua casa. Algumas vezes ao ano, você e seu companheiro devem juntar suas coisas em quatro pilhas: “manter”, “descartar”, “doar” e “esperar”. Livre-se logo dos itens “descartar” – antes de ter a chance de mudar de ideia. Coloque os itens “doar” em sacos resistentes de plástico, ou bolsas, e os leve ao ponto mais próximo de recebimento de doações. Coloque os itens “esperar” em caixas de papelão marcadas com uma data três meses adiante. No seu calendário, marque a mesma data como um tempo para rever os itens “esperar”. Quando a data chegar, dê uma nova olhada nesses itens. Se você sentir-se confortável descartando-os, faça isso. Se não, renove a data para mais três meses à frente.

13. Lute contra a sobrecarga de controle financeiro

Você precisa mesmo manter mensalmente seu contador a par dos controles financeiros? Pergunte a ele se você pode fazer esses controles de quatro em quatro meses ou uma vez ao ano, e jogue fora o resto da papelada.

14. Não deixe empilhadas as revistas não lidas

Se o número seguinte chegar antes que você tenha lido o último, ponha o último em uma cesta pequena (que tenha não mais de 15 centímetros de altura e a largura de duas revistas). Quando a cesta estiver cheia, pesquise as revistas e leia o que puder, descartando ou reciclando o restante. Você pode levar as melhores revistas para um hospital ou um asilo de mulheres.

Se você não dá conta de ler os números de uma revista em particular, cancele a assinatura.

Sua Rotina Diária

15. Comece a usar os minutos desperdiçados

Não espere para usar grandes períodos de tempo sem interrupção para começar a fazer as tarefas de organização. Em um minuto, você pode conferir a correspondência, tirar a roupa da secadora ou regar as plantas. Em cinco minutos, você pode esvaziar a lavadora de louças ou escrever um e-mail. Enquanto espera sua roupa secar, você pode emparelhar as meias e ajuntar as roupas para lavagem a seco.

16. Crie uma “rampa de saída” perto da porta da rua.

Esse é o local para deixar as coisas que as pessoas da família precisam usar a cada vez que saem de casa – sombrinhas, mochilas da escola, pastas, livros de bolso, chaves, cachecóis etc. A “rampa de saída” deve ter cabides, cintos, prendedores, caixas, tudo o que tornar mais fácil encontrar e pegar coisas ao sair de casa.

17. Guarde seus recibos

Toda noite, esvazie seus bolsos, carteira, bolsa e maleta de todos os recibos e comprovantes. Ponha-os em sua pasta de contas a pagar e documentos financeiros a revisar.

Mudança muito pequena? Se as moedas se espalham pela penteadeira, arrume uma jarra para guardá-las. Ao final do mês, você terá uns trinta reais ou mais para gastar – um premio por manter seus bolsos livres de bagunça.

18. Simplifique seu guarda-roupa

Quanto mais roupas você tiver, mais difícil será decidir sobre o que usar a cada manhã. Assim, sempre descarte as roupas que estiverem sobrando. Se comprar uma camisa nova, por exemplo, pense em se livrar de uma mais velha. Na primavera e no verão, coordene suas roupas em torno de duas cores, mais o branco. No outono e no inverno, coordene todas as roupas em torno de duas outras cores, mais o preto. Você se sentirá livre por ter menos escolhas a fazer, e economizará na compra de roupas.

19. Arrume suas roupas em conjuntos completos

Pendure-as juntas no seu guarda-roupa. Você se vestirá mais depressa pela manhã, com menos confusão e segunda escolha. Essa estratégia funciona para homens e mulheres, e é especialmente útil para organizar as roupas de trabalho. As mulheres podem arrumar uma bolsa com as joias que combinem e deixá-la no guarda-roupa.

Em Casa

20. Enfrente uma tarefa de cada vez

Assumir várias tarefas grandes de uma só vez é estressante para as pessoas com TDAH. Estabeleça uma prioridade e a complete, não deixando nada pendente antes de ir para a próxima. Por exemplo, compre seus novos óculos antes de limpar a drenagem do quintal. Ou leve seu carro para a revisão antes de fazer a revisão do seu currículo.

21. Use blocos de anotações de colar para manter-se em dia

Se você está geralmente fora do rumo por interrupções, torne mais fácil seu retorno à tarefa assim que a interrupção cessar. Como? Mantenha um estoque de blocos de anotações com cola e grude a folhas onde você deverá recomeçar se for interrompido. Por exemplo, se você precisar receber uma chamada telefônica enquanto estiver lendo, cole uma folha no lugar do texto e escreva “recomece a leitura aqui”. Quando terminar a conversa, você saberá exatamente o que fazer.

22. Faça as tarefas em duplas

Se você aprender o hábito de fazer duas pequenas tarefas em conjunto, fará mais coisas. Por exemplo, você pode acertar seus relógios e trocar as baterias do detector de fumaça ao final de um dia feriado. Você pode trocar o óleo do carro e revisar seus investimentos no mesmo dia. Ou reorganizar sua agenda toda vez que regar as plantas.

23. Organize sua garagem como um profissional

Isso significa separar suas coisas em zonas do modo que você vê nas lojas de utensílios para o lar: ferramentas, material de pintura, material de jardinagem, material esportivo, material automotivo, etc. Se isso for um trabalho muito grande para começar sozinho, não tenha medo de pedir ajuda.

A Montanha de Papel

24. Repensando seu sistema de arquivamento

Portadores de TDAH geralmente têm dificuldades com arquivos porque criam muitas categorias. Melhor manter suas categorias amplas e usar subpastas quando necessário. Por exemplo, você pode rotular uma pasta como “Seguros” e preenche-la com subcategorias para seguro de vida e seguro de saúde. Na internet há ofertas de vários programas de organização, incluindo os que são feitos especificamente para manter os manuais do proprietário, garantias de produtos, apólices de seguros e que tais.

25. Crie um documento “ponto-quente”

Isso é uma pasta vermelha, transparente, para documentos importantes e com datas de vencimento. Nessa pasta, que deve ser mantida na sua mesa, você deve por os papéis que representem até cinco tarefas diferentes que precisam ser cumpridas dentro das próximas 24 horas – uma conta a pagar, uma ficha de cliente, uma mensagem telefônica a ser respondida, etc.

Esvazie seu “ponto-quente” diariamente. Papéis importantes que não sejam urgentes podem ser mantidos em pastas transparentes ordenadas verticalmente numa estante.

Um “ponto-quente” é uma grande ferramenta para lidar com o problema do “fora de vista, fora da mente”.

26. Interrompa a cascata de correspondência não desejada

Adicione seu nome à lista de “não envie” mantida pela Direct Mail Association. Vá a www.the-dma.org para mais informações. (Deve haver outros meios no Brasil – nota do tradutor)

27. Veja seu correio todos os dias

Isso o manterá livre de se sentir oprimido. Elimine o lixo imediatamente. O restante de sua correspondência deve ser mantido em um local, com um cesto por perto. Contas a serem pagas devem ser postas dentro da sua agenda – ou use o online banking – na mesa ao lado do computador.  Separe a correspondência de outras pessoas em locais adequados, com os nomes deles marcados.

Assuntos Financeiros

28. Agende, consigo mesmo, uma revisão dos seus investimentos financeiros.

Escreva a data e o tempo para revisar esses investimentos em seu calendário ou em sua agenda, e junte os recibos e extratos bancários, extratos de investimentos e de planos de aposentadoria.

29. Mude para o online banking

Quanto tempo você gasta a cada mês escrevendo cheques, endereçando envelopes e colando selos (sem mencionar a postagem dos cheques)? É mais rápido fazer o serviço de banco online – especialmente se você optar por autorizar as contas a serem pagas de modo automático – e você não terá de pagar o correio.

Se estiver intimidado por algo complicado no computador durante a abertura de uma conta online, peça a um amigo que entenda ou a um membro da família para ajudá-lo.

30. Use somente uma conta bancária

Mantenha seu talão de cheques em sua bolsa ou maleta e o recoloque lá imediatamente após usá-lo. Mantenha os canhotos dos cheques e folhas de cheque para emergências (mas não outro talão de cheques!) em outro local, para o caso de perder seu talão.

31. Mantenha os cartões plásticos no mínimo

Quanto mais cartões de crédito você tiver, mais documentos e recibos terá para lidar. Melhor ficar com um ou dois cartões de crédito mais importantes e evitar os cartões de lojas e de gasolina.

Aceite novas ofertas de cartões somente se as vantagens forem superiores às dos cartões atuais.

32. Tenha um cartão de débito

Mantenha-o em sua maleta e o utilize em vez de um cheque pessoal sempre que for possível. Cada vez que usar o cartão, faça uma anotação no seu talão de cheques, como se você tivesse passado um cheque. Desse modo, sua conta bancária permanecerá equilibrada.

33. Tenha algum dinheiro de reserva em casa

Ponha algumas centenas de reais em uma bolsa plástica a prova de água e guarde-a em local seguro e fácil de ser encontrado (pode ser o seu freezer). Assim, não será pego desprevenido se algo importante acontecer que torne impossível o uso de caixas eletrônicos.

Nota do tradutor: Algumas dessas dicas são bem “a cara” do modo de vida dos americanos e não fazem muito sentido para os “tupiniquins”.

Um comentário:

  1. MUITO VALIDO ESTA MATERIA, JA PRATICO ALGUMAS DESSAS RECOMENDAÇÕES, PQ NAO É NADA FACIL VIVER COM QUEM TEM TDAH.

    ResponderExcluir